Canto
 
Canto
Segunda-feira, 16 de Dezembro de 2019
Skip Navigation LinksACT»Notícias»Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social visita ACT
Notícias
Ouvir
02-12-2019 
Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social visita ACT 


A ACT recebeu, na manhã da passada sexta-feira no seu Centro Local do Alto Minho (CLAM) em Viana do Castelo, a visita da Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, acompanhada do Secretário de Estado Adjunto do Trabalho e da Formação Profissional, Miguel Cabrita, e da Secretária de Estado da Ação Social, Rita da Cunha Mendes.


A comitiva foi recebida pela Inspetora-Geral da ACT e pelo Diretor do CLAM, Joaquim Silva.

Nesta visita, onde participaram também alguns membros do Gabinete, houve a oportunidade de visita às instalações e encontro com todos os trabalhadores do CLAM.

Acompanhou a visita o Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo e da CIM (Comunidade Intermunicipal) Alto Minho, José Maria Costa.

Esta foi a primeira visita realizada a um serviço desconcentrado da ACT pela Ministra, oportunidade em que reconheceu, uma vez mais, o papel inestimável da ACT na melhoria das condições de trabalho e de vida dos trabalhadores portugueses.

Destacou-se a importância que a nossa intervenção pode ter na redução da precariedade, fenómeno perturbador da construção da sociedade portuguesa, com efeitos nos mais diversos domínios, a curto, médio e longo prazo, alertando-se também para o facto de alguns trabalhadores viverem abaixo do limiar de pobreza por não terem uma relação contratual de trabalho (e respetivo rendimento) durante todo o ano.

Foi ainda realçado o efeito dissuasor que a nossa intervenção inspetiva pode ter nos fenómenos laborais, sendo por isso necessário que haja particular atenção à divulgação da atividade que é realizada.

Acresce também notar que o momento da nossa intervenção (e o tempo da sua conclusão) podem contribuir para que haja o reconhecimento público da nossa atuação ou, pelo contrário, para que a perceção pública seja negativa e não valorize todo o esforço realizado, ou até que nos "responsabilize" por determinado fenómeno não ter sido ainda alterado.

 
|Voltar|Imprimir|Enviar a um amigo|
 
Copyright 2014 ACT - Autoridade para as Condições do Trabalho | Desenvolvido por PT Sistemas de Informação